Eu te amo, porra.

Heitor,

Mal consigo respirar. Você se foi há exatamente 2 minutos e 55, não, espera, 56 segundos e cá estou eu, em devaneio. Será que eu tive um pesadelo? Ainda não acredito que você me deixou.

Heitor, eu te amo, porra! Dá pra entender?

Você acha que aquela menininha vai te amar mais do que eu (se é que ela sabe o que é o amor)? Coitado de você se acredita nisso, meu querido. Coitado! Quando essa ninfeta acordar para realidade e der de cara com um careca barrigudo vai procurar o primeiro macho alfa que passar na esquina.

E você vai fazer o quê, me diz? Voltar para mim? Casa, comida e cueca lavada? Nem morta, ou melhor, só morta eu volto para você depois de 48h.

Sim, é isso mesmo que você leu. Você tem 48 horas para voltar para nossa casa, de mala e cuia, de preferência com um bom pedido de desculpas e eu, como boa esposa que sempre fui, vou pensar se consigo conviver com mais esse peso na cabeça…

Agora você só tem 47 horas e 45 minutos.

Rosa.

Anúncios